Grito Rock se torna global em 2013

Projeto chega à 11ª edição e vai conectar 30 países. Cidades já se preparam para receber o festival que começa em fevereiro

Depois de integrar todos os estados e regiões brasileiras e extrapolar as fronteiras conectando grande parte da América Latina, o Festival Grito Rock alcança 300 cidades de 30 países diferentes, este ano. Além dos latinos, outros países dos continentes da Europa, Oceania, África, por exemplo, integram-se ao evento. Produzido de forma colaborativa desde 2005, o Grito Rock foi criado como uma alternativa ao carnaval tradicional e em 2013 acontece entre o período de 1o de fevereiro a 03 de março.

A edição de 2013 escolheu o portal Toque no Brasil como principal plataforma de conexão de agentes, produtores e artistas. Além das inscrições, o Toque no Brasil vai fomentar também turnês e shows. Estima-se a criação de aproximadamente 3 mil vagas para bandas de todo o país e turnês de pequeno, médio e grande portes, que devem ligar diversas regiões brasileiras.

Grito Rock Mundo 2013

Grito Rock Mundo 2013/ Divulgação

O Grito Rock é um dos grandes estimuladores das cadeias produtivas de pequenas cidades no interior, bem como em todas as capitais do país e demais pontos internacionais que realizam o festival. Estima-se que em 2011 o investimento total dos produtores combinados alcançaram aproximadamente R$2,2 milhões, injetados diretamente no mercado independente. O valor médio de cada evento também foi expressivo – em média foram aplicados $16.000,00, entre reais e moedas solidárias.

O projeto foi idealizado pelo coletivo Espaço Cubo no ano de 2003 em Cuiabá (MT). Com a criação do Fora do Eixo, em 2005 – o projeto se ampliou de forma conceitual e geográfica, envolvendo produtores de todo o país. Em 2011, o Grito Rock aconteceu em mais de 130 cidades, em oito países, movimentando 2 mil bandas e aproximadamente 200 mil espectadores. Na última edição, em 2012, foram 205 cidades realizadoras, 37% a mais em comparação com 2011, envolvendo a participação direta de aproximadamente 700 produtores culturais, de 15 países diferentes.

O Grito Rock Mundo é realizado pelo Fora do Eixo. É uma iniciativa financiada pelo Fora do Eixo Card e produzido com o apoio do Toque no Brasil.

Grito Rock Viçosa 2013

O Grito Rock Viçosa 2013 aconteceria nos dias 22 e 23 de fevereiro, porém, devido à interdição, pela Prefeitura Municipal de Viçosa, das casas noturnas onde aconteceriam os shows, por normas de segurança, o festival teve que ser cancelado.

Pedimos a compreensão de todos.


O primeiro de muitos – Grito Rock Viçosa 2012

Público no Flor e Cultura Bar

Dia 10 de março de 2012 vai entrar para a história de Viçosa. O que se pode dizer de um evento que reuniu as bandas O’Zimpatas (Viçosa), Vandaluz (Patos de Minas) e Djambê (Belo Horizonte), apresentação da Cia. de teatro Elos Quentes, #VaraldaArte e muita gente bonita no Flor e Cultura Bar? Para o Ygor Sas, o Grito foi intenso, inteiro e completo. Concordo totalmente e ainda acrescento DIFERENTE.

Não se trata apenas de ser uma edição do maior festival integrado da América Latina. O Grito é muito mais! Para começar, foi construído coletivamente por uma galera que arregaça as mangas e está disposta a trazer novas opções para a cidade e abrir portas para novos artistas! Não apenas músicos, mas a galera do palco, das letras, das artes visuais, todo mundo tem espaço.

Somos também conscientes. Vocês notaram que praticamente não utilizamos cartazes? Pois é, Viçosa já está bem poluída visualmente, vocês não acham? Além disso, evitamos o uso desnecessário de papel. Também promovemos as campanhas #Levesuacaneca e #vamosjuntos. Outra ação da frente NósAmbiente foi a distribuição de bituqueiras dentro do Flor e Cultura.

E o preço? Não precisamos de lotes diferenciados, nem convite feminino e masculino. Aqui todo mundo é igual!

Quem não foi ao Grito pode conferir nossa cobertura do que acontecia por lá pelo Facebook e Twitter! A cobertura fotográfica e audiovisual ficou a cargo de Roberta Monteiro, Yuri Azevedo e Juliana Soar. Mesmo de longe, todo mundo acompanhou!

As atrações:

O’Zimpatas: Os primeiros a subirem ao palco, agitaram a galera. Apesar do pouco tempo de banda, uma coisa é fato, esses meninos precisam gravar logo! Depois de um show empolgante, fica a vontade de ouvir as músicas em casa também.

Vandaluz: Se com o Vane, vocalista, usando muletas o show já foi ótimo, imagina com esses caras em plena forma? O Vandaluz veio pela segunda vez a Viçosa e mostrou que já cativou o público daqui. O show de Viçosa foi um dos oito que fazem parte da turnê da banda pelas edições do Grito Rock deste ano.

Djambê: apresentando o repertório do álbum lançado em outubro de 2011, trouxeram seu som consciente para o Grito e empolgaram a galera utilizando em seu set de percussão e bateria instrumentos materiais reciclados.

#VaraldaArte: A exposição de poesias e contos de autores de vários cantos do país trouxe um clima diferente para o Grito e despertaram bastante curiosidade do público.

Fica, vai ter bolo: a apresentação da Cia. ElosQuentes surpreendeu o público e trouxe mais encanto para a noite.

Vandaluz no Palco

Confira parte da cobertura no Flickr da Roberta Monteiro!

Nossos agradecimentos a todos que compareceram e participaram da construção do Grito Rock, e que esse seja o primeiro de muitos!

A primeira edição do Grito Rock – Viçosa foi uma promoção do Coletivo 103 e Fora do Eixo, com o apoio de Posto da Esfiha, Suprimentos, MaxMotos e Pró-Reitoria de Extensão e Cultura.


Grito Encena será com a ElosQuentes

A companhia teatral viçosense ElosQuentes apresentará uma de suas cenas curtas no Grito Rock Viçosa – é o Grito EnCena! Confira a sinopse da peça, de 10 min., “Fica, vai ter bolo”, escrita por Marco Túlio Câmara e dirigida por Jhonatan Oliveira:

“Um casal se separa, mas mesmo depois de muito tempo, a presença da mulher ainda mexe com o homem. Embora eles não assumam o que sentem um pelo outro, sempre fica aquele clima tenso no ar, de olhares desviados, sorrisos escondidos e carinhos reprimidos. “Fica, vai ter bolo!” é um diálogo que pode acontecer com qualquer casal que insiste em evitar o romance, mas não consegue fugir dele. A expressão, que virou um bordão, pode ter vários significados além do literal, principalmente quando se trata de um relacionamento mal terminado.”

Galera da ElosQuentes/ Divulgação

Fique por dentro, contacte a trupe e torne sua festa mais divertida! A ElosQuentes também encena peças de teatro infantil, além de realizar dinâmicas de improviso bastante interessantes.

elosquentes@gmail.com

(31) 8737- 6805


Resultado do Edital para a Cobertura Colaborativa do Grito Rock Viçosa

Roberta Monteiro, graduanda do curso de dança da Universidade Federal de Viçosa,  se juntará ao Coletivo 103 na cobertura colaborativa do maior festival integrado das Américas. Roberta fará a cobertura fotográfica oficial do Grito Rock Viçosa – trabalho que será exibido na página oficial do Coletivo 103 no facebook, em nosso flickr e blog, com os devidos créditos . Em troca, ela receberá um par de ingressos do Grito Rock Viçosa pra presentear dois amigos. Não tivemos pessoas inscritas para a cobertura audiovisual do Grito. Parabéns, Roberta! 

Conheça mais sobre o trabalho da fotógrafa oficial do Grito Rock Viçosa:

Flickr

Facebook

Contatos



Contagem regresssiva para o Grito Rock Viçosa!

O Coletivo 103 promoverá no dia 10 de março, a partir das 23h, no Flor & Cultura Bar, o Grito Rock Viçosa.

Os ingressos poderão ser adquiridos no All Time; no DCE Bar, na Universidade Federal de Viçosa, no Tatto Rock Bar, no Flor & Cultura Bar e com divulgadores a partir do dia 2 de março, a R$ 10.

Fora as atrações musicais O’Zimpatas, Vandaluz e Djambê, que se apresentarão nesta ordem, também teremos intervenções artísticas, nos intervalos das apresentações das bandas, do grupo teatral viçosense ElosQuentes, mais um #VaralDaArte com poesias e prosas de escritores locais e de outras cidades do país e do mundo!

Ah, claro, ajude-nos a tornar o Grito Rock Viçosa mais sustentável indo de carona/ bicicleta e levando sua caneca.


O’Zimpatas é a banda viçosense escolhida para tocar no Grito Rock Viçosa

O’Zimpatas é a banda viçosense que abrirá os concertos do Grito Rock Viçosa. Também escolhida via plataforma Toque no Brasil, entre as bandas viçosenses, a O’Zimpatas faz um som recheado de ingredientes. Adeptos das longas sessões de jam e improvisação do Rock Blues, seus integrantes também abusam de arranjos e riffs oriundos do metal, além de se aventurar entre os ritmos do funk e do soul.

Conheça mais:

Facebook

Confira o show da música Lulu: Noites & Travessuras no Festival de Bandas Nico Lopes 2011:

 


Vandaluz agora no Grito Rock Viçosa

É a segunda vez que a banda se apresentará em Viçosa. Seu primeiro show por aqui foi na I Noite Fora do Eixo Viçosa – realizada pelo Coletivo 103, em outubro de 2011, no Galpão.  Agora, a banda Vandaluz, de Patos de Minas (MG),  retorna pra apresentar a quem não pôde assistir sua estreia  em Viçosa seu rock experimental e psicodélico no Grito Rock Viçosa. Selecionada via plataforma Toque no Brasil, a Vandaluz foi escolhida entre mais de 100 bandas que se candidataram para se apresentar em Viçosa.

Conheça mais:

Facebook

Álbum Ascende

EP Fel Gospel

Confira o vídeoclipe da música Lucidez: