Audiência Pública sobre Cultura

Nos dias 9 e 10 de maio,  às 19h, no Auditório Hervê Cordovil, serão realizadas reuniões preparatórias para a Audiência Pública sobre o Sistema Nacional de Cultura. Optou-se por dividir os segmentos artísticos e culturais em duas datas, a fim de permitir maior discussão e a definição de encaminhamentos a serem apresentados durante a Audiência.

Quarta-feira (09/05): músicos e eventos relacionados, centros culturais, produtores culturais, skate, associações, patrimônio (i)material, folclore, cultura popular, carnaval, artesanato.

Quinta-feira (10/05): teatro, dança, circo, ópera, audiovisual, novas mídias, artes plásticas, fotografia, artes gráficas, filatelia, literatura e obras informativas.

É muito importante a participação de todos nas reuniões preparatórias, pois esses encontros possibilitarão o nivelamento de conhecimentos e a discussão de propostas para a melhoria da criação, difusão e promoção de cultura em nossa cidade.

Para saber mais, acesse a página do Sistema Nacional de Cultura e participe do grupo Forum Virtual de Cultura Viçosa no Facebook.

A Audiência na Câmara Municipal acontecerá no dia 16 de maio, às 18h.


O primeiro de muitos – Grito Rock Viçosa 2012

Público no Flor e Cultura Bar

Dia 10 de março de 2012 vai entrar para a história de Viçosa. O que se pode dizer de um evento que reuniu as bandas O’Zimpatas (Viçosa), Vandaluz (Patos de Minas) e Djambê (Belo Horizonte), apresentação da Cia. de teatro Elos Quentes, #VaraldaArte e muita gente bonita no Flor e Cultura Bar? Para o Ygor Sas, o Grito foi intenso, inteiro e completo. Concordo totalmente e ainda acrescento DIFERENTE.

Não se trata apenas de ser uma edição do maior festival integrado da América Latina. O Grito é muito mais! Para começar, foi construído coletivamente por uma galera que arregaça as mangas e está disposta a trazer novas opções para a cidade e abrir portas para novos artistas! Não apenas músicos, mas a galera do palco, das letras, das artes visuais, todo mundo tem espaço.

Somos também conscientes. Vocês notaram que praticamente não utilizamos cartazes? Pois é, Viçosa já está bem poluída visualmente, vocês não acham? Além disso, evitamos o uso desnecessário de papel. Também promovemos as campanhas #Levesuacaneca e #vamosjuntos. Outra ação da frente NósAmbiente foi a distribuição de bituqueiras dentro do Flor e Cultura.

E o preço? Não precisamos de lotes diferenciados, nem convite feminino e masculino. Aqui todo mundo é igual!

Quem não foi ao Grito pode conferir nossa cobertura do que acontecia por lá pelo Facebook e Twitter! A cobertura fotográfica e audiovisual ficou a cargo de Roberta Monteiro, Yuri Azevedo e Juliana Soar. Mesmo de longe, todo mundo acompanhou!

As atrações:

O’Zimpatas: Os primeiros a subirem ao palco, agitaram a galera. Apesar do pouco tempo de banda, uma coisa é fato, esses meninos precisam gravar logo! Depois de um show empolgante, fica a vontade de ouvir as músicas em casa também.

Vandaluz: Se com o Vane, vocalista, usando muletas o show já foi ótimo, imagina com esses caras em plena forma? O Vandaluz veio pela segunda vez a Viçosa e mostrou que já cativou o público daqui. O show de Viçosa foi um dos oito que fazem parte da turnê da banda pelas edições do Grito Rock deste ano.

Djambê: apresentando o repertório do álbum lançado em outubro de 2011, trouxeram seu som consciente para o Grito e empolgaram a galera utilizando em seu set de percussão e bateria instrumentos materiais reciclados.

#VaraldaArte: A exposição de poesias e contos de autores de vários cantos do país trouxe um clima diferente para o Grito e despertaram bastante curiosidade do público.

Fica, vai ter bolo: a apresentação da Cia. ElosQuentes surpreendeu o público e trouxe mais encanto para a noite.

Vandaluz no Palco

Confira parte da cobertura no Flickr da Roberta Monteiro!

Nossos agradecimentos a todos que compareceram e participaram da construção do Grito Rock, e que esse seja o primeiro de muitos!

A primeira edição do Grito Rock – Viçosa foi uma promoção do Coletivo 103 e Fora do Eixo, com o apoio de Posto da Esfiha, Suprimentos, MaxMotos e Pró-Reitoria de Extensão e Cultura.


Inscrições para Grito Rock Viçosa!

O Coletivo 103 selecionará 3 bandas para se apresentarem na primeira edição do Grito Rock em Viçosa! São duas bandas locais e uma nacional, com direito a hospedagem, alimentação e transporte. Os interessados devem ter perfil na plataforma TnB e acessar aqui.

O Grito Rock é o maior festival integrado da América Latina, sendo realizado no período de 17 de fevereiro a 17 de março, integrando mais de 200 cidades. O Festival foi idealizado pelo coletivo Espaço Cubo no ano de 2003, em Cuiabá (MT), como uma alternativa ao carnaval tradicional. Entretanto, a partir da atuação do Circuito Fora do Eixo, o projeto se ampliou geográfica e conceitualmente, envolvendo produtores de todo o país. No ano passado, o Grito Rock aconteceu em mais de 130 cidades, movimentando 2 mil bandas e aproximadamente 200 mil expectadores. Além do Brasil, países como Argentina, Uruguai, Bolívia, Chile, Panamá e Honduras realizaram o Festival.

As inscrições estão abertas até o dia 17 de fevereiro de 2012.


O Coletivo 103 no IV Congresso Fora do Eixo

Por Vívian Andaki

Primeiro Encontro da Regional Minas - Parque do Ibirapuera

Partimos de Viçosa no dia 11 à noite. Foram longas 10 horas de viagem até São Paulo. Chegando lá não tivemos tempo para descansar, pois a abertura oficial do congresso iria acontecer no Auditório Ibirapuera. Chegando ao parque, a surpresa já foi grande. Para muitos de nós esse era o primeiro contato com toda a atmosfera do Fora do Eixo – FdE. Não era uma conversa com um agente FdE e sim o encontro de agentes de todo o Brasil, e também de outros países da América Latina.

O clima era bom, o sol brilhava. Logo estavam todos reunidos pelos gramados do parque. Rodas de conversa brotavam em todos os lugares, eram reuniões das regionais, de frentes como palco, música, artes visuais. Havia espaço para todos, até mesmo para aqueles que estavam participando para descobrir o que é o Fora do Eixo.

Nós, que somos um Coletivo com menos de um ano de duração, já éramos vistos como experientes para uma galera que ainda não sabia como começar. Infelizmente não há “receita de bolo” para uma ação como esta dar certo, mas temos certeza que ter força de vontade já é um ótimo início.

Discussão com Ale Youssef, Daniel Ganjaman e Cláudio Prado

Nos demais dias, as atividades foram realizadas no Paço das Artes, na Universidade São Paulo. Foi um congresso diferente de tudo que nós conhecíamos. O formato de não-grade dava liberdade para a inclusão de assuntos importantes a qualquer momento. A organização era totalmente aberta a sugestões. Bastava circular pelas rodas e se deparar com discussões sobre Música, Teatro, Dança, Letras, Cinema, Sustentabilidade, Economia Solidária, Partido da Cultura, Selo Colaborativo, Liberdade de Imprensa, entre outros. Também foi realizado o Seminário da Música Brasileira durante três dias.

Durante o Congresso o grande problema era: o que priorizar? Eram tantas discussões interessantes ao mesmo tempo que ficava difícil escolher. O jeito era aproveitar o melhor possível, circular, trocar idéias. Quem dera poder ser desdobrar e participar de tudo!

Esses oito dias em São Paulo fizeram com que nós do 103 amadurecêssemos várias ideias, as quais já estão sendo detalhadas em nosso planejamento 2012. Pudemos ter um contato profundo com os valores do Fora do Eixo e ficou mais claro que o circuito é muito mais que uma plataforma de circulação de cultura. É aprendizado, é amadurecimento é trabalho coletivo em prol de tudo aquilo que a gente acredita!

Intervenção no Paço das Artes

P.S.: Também rolou um curso Básico de Aproveitamento de Água de Chuva e Montagem de uma Minicisterna, realizado na Casa Fora do Eixo São Paulo, resultado da parceria do Nós Ambiente e o  Sempre Sustentável.


Viçosa MetalFest 2011

Viçosa é uma cidade bem agitada, sempre tem algo para fazer, porém são poucos os eventos de música pesada. Se você curte esse estilo, não perca a quinta edição do Viçosa MetalFest, evento promovido pela Musicaos Produções e Imperium Tattoo. Seis bandas de responsa irão se apresentar no festival, com destaque para a Hammurabi, que está divulgando seu novo álbum “The Extinction Root”, lançado em agosto de 2011.

Clipe da música Blessed by Hate, do album The Extinction Root:

As bandas Scrotinhos e Black Doors são os representantes viçosenses no festival. A Scrotinhos lançou um Cd demo há pouco tempo e já tem clipe!

No MetalFest ainda tem Mioma (Thrash Metal de Mariana), Warland (Heavy Metal de Ponte Nova) e Achilles (Heavy Metal de Conselheiro Lafaiete)!

Haverá ônibus saindo da Rodoviária para levar a galera para o Dom Mingote. Ingressos do segundo lote a R$13.

Dia 19 de novembro é dia de Metal, bebê!


Violentango em Viçosa

Crédito Roberta Monteiro

A noite de domingo, 6 de novembro, foi mesmo especial pra todos que marcaram presença no show da turne Menos Sol do grupo argentino Violentango, no Espaço Fernando Sabino, na UFV. Mais de 500 pessoas puderam curtir de perto o verdadeiro tango urbano, dotado de uma linguagem experimental bastante influenciada pelas narrativas de Astor Piazzolla. O espetáculo contou com músicas dos quatro últimos CD’s lançados pelo grupo, em seis anos de carreira, além de canções inéditas.

Para muitas pessoas, o show foi um reencontro com a banda argentina – formada por Adrian Ruggiero (bandoneom e violão), Camilo Cordoba (violão), Juan Manuel Lopez (violão), Ricardo Jusid (baixo) e Santiago Cordoba (percussão). É a terceira vez que o quinteto, natural da Cidade de Buenos Aires, se apresenta em Viçosa. Durante a apresentação o grupo anunciou que está se despedindo da turnê Menos Sol e que irá retornar à Argentina para iniciar os trabalhos de um novo álbum.

Crédito - Roberta Monteiro

Ao final do show, ao ser ovacionado, o grupo voltou ao palco para mais duas canções e foi notável a satisfação em retornar à Viçosa em noite de casa cheia.

O evento foi uma realização do Coletivo 103 e contou com o apoio da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura (PEC) e do Dce-UFV 2011 Gestão Viração.

Confira mais fotos no Flickr de  Roberta Monteiro.


Violentango – Menos Sol Tourne

O Coletivo 103 promoverá no dia 6 de novembro, a partir das 20h, no Espaço Acadêmico – Cultural Fernando Sabino, na Universidade Federal de Viçosa, show do grupo Violentango, banda natural de Buenos Aires, Argentina.

O grupo Violentango propõe-se a reinventar as formas clássicas do Tango, aproximando-o de outros estilos musicais e de novas gerações tanto na Europa como na América Latina, sem perder sua essência. O quinteto retornará ao Brasil pela terceira vez, encerrando o sucesso da turnê Menos Sol, após recente passagem pelos renomados festivais Glastonbury, na Inglaterra, e Montreux Jazz Festival, na Suíça.

Os ingressos poderão ser adquiridos na Divisão de Assuntos Culturais – DAC e DCE Bar, na Universidade Federal de Viçosa; e no All Time, no centro da cidade, a partir do dia 1º de novembro, a R$10. Esse evento faz parte da programação oficial da Marcha Nico Lopes e tem o apoio da Pró-Reitoria de Extensão e Cultura e Diretório Central de Estudantes.

Confira o grupo em ação no Glastonbury:

O Coletivo 103 está com duas promoções para o show do grupo Violentango:

1. Sorteio de um CD da banquinha: basta preencher o verso do ingresso.

2. Sorteio de 2 ingressos: Basta seguir a conta do Coletivo 103 e twittar a frase: Eu quero o ingresso do Violentango que o @Coletivo103 está sorteando! http://kingo.to/Sss

O sorteio do CD será durante o show. Já o resultado do sorteio de ingressos será divulgado no sábado, às 15h.